A passos de dança

 

A vida é uma dança

No início a gente se perde, não sabe como fazer

Os pés não sabem para onde ir…

Com o tempo, nas idas e vindas de uma valsa

Aprendemos os caminhos

E arriscamos um samba rock com seus passos rápidos

Gingados, buscamos artimanhas para sobreviver

E de repente… nos apaixonamos…

Um bolero de vida… início ritmado e tranqüilo

Até que um dia, esse amor se torna um tango de Piazzola

Agitado, forte, entontecedor…

Fechamos os olhos e acordamos em meio ao tormento

Reconstrução…

Nada melhor que uma gafieira, com seus passos de malandro

Novas conquistas e realizações

Tempo de encontrarmos a nós mesmos

De sairmos de nós pra dimensão de um atabaque num terreiro de capoeira

Jogo, música, dança…

E novamente valsamos nas idas e vindas da vida

Até que nos deparamos com uma nova dança

E estamos no início de novo

A gente se perde, não sabe como fazer

Os pés não sabem para onde ir…

Essa vida dá um samba enredo!

(Esse poema foi escrito por mim em fevereiro de 2011)

Edna Telles

Anúncios

Sobre poemasetextos

Sou uma pessoa apaixonada pela vida!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a A passos de dança

  1. Antônio Teles Jr. diz:

    Brilhante Prima!

    Copiei e postei no meu Face mantendo os créditos da autora!
    ^^

  2. Ana diz:

    Gostei, Edna!
    Vou sempre xeretar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s