Pout-pourri de amor

Eu sei que os poetas já perguntaram

E que respostas das mais incríveis tiveram

Mas hoje pergunto

E volto à estaca zero:

Existe remédio para dor de amor?

 

“Ai como dói a dor

Como dói a dor de amar

Quem se desencantou

Sabe o que é chorar”

 

Uns diriam que só se cura dor de amor com outro amor

Outros que é preciso viver o luto

Tudo isso é muito bruto

É preciso esculpir essa peça

É preciso envelhecer o vinho

 

O grande poeta já dizia que amor é privilégio de maduros

Mas indagava desde sempre que “o que pode uma criatura se não entre criaturas, amar?”

Amar e malamar

Mas se amor é fogo que arde sem se ver

Que bombeiro é esse que não chega?

 

E se é um solitário andar por entre a gente

Porque insistir em continuar?

Se é servir a quem vence, o vencedor e se é ter com quem nos mata, lealdade

O melhor não seria

fazer terapia?

 

Estou acordado e todos dormem…

 

Grandes poetas e loucos

Desculpem mas vocês não me ajudaram

“porque amar o perdido deixa confundido esse meu coração”

E “solidão é lava que cobre tudo”

Desilusão, danço eu, dança você

Na dança da solidão”

 

Mas tudo bem.

“Eu gosto tanto de você que até prefiro esconder.

Pois se amanhã não for nada disso

Caberá só a mim esquecer”

 

Mas o sofrimento faz parte

Pois não existiria som se não houvesse o silencio

Não haveria luz se não fosse a escuridão

E a vida é mesmo assim

Dia e noite

Não e sim.

 

Mas diga logo que “você me adora, que me acha foda,

não espere eu ir embora pra perceber”!

 

Ou não.

Desilusão. Danço eu, dança você na dança da solidão.

 

Letras citadas

 

Músicas:

Dor de amor (Arlindo Cruz)

Monte Castelo (Legião Urbana)

Dança da Solidão (Paulinho da Viola)

Apenas mais uma de amor (Lulu Santos)

Certas coisas (Lulu Santos)

Me adora (Pitty)

 

Poemas citados:

Amor e seu tempo (Carlos Drummond de Andrade)

Amar (Carlos Drummond de Andrade)

Memória (Carlos Drummond de Andrade)

(Autoria: Edna Telles)

Anúncios

Sobre poemasetextos

Sou uma pessoa apaixonada pela vida!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s